Fonte,Brasil 247
Com 1,1 milhão votos, Fabiano Contarato (Rede) foi o postulante a senador mais votado do Espírito Santo e será o primeiro senador da histórica homossexual assumido. Foto/Reprodução

Pela primeira vez o Brasil elegeu um candidato homossexual assumido ao Senado: com 1.117.039 votos (31,15%), Fabiano Contarato (Rede) foi o postulante a senador mais votado do Espírito Santo. Contarato é professor e delegado de polícia da Academia de Polícia Civil do Espírito Santo. Tem graduação em direito pela Universidade Vila Velha, é especializado em direito e processual penal.

O estado capixaba vai renovar suas duas cadeiras no Senado Federal. Marcos do Val (PPS) conquistou o 2º lugar, com 863.359 votos (24,08%). Eles derrotaram os atuais senadores Magno Malta (PR), que teve 17,04% dos votos, e Ricardo Ferraço (PSDB), com 13,39%.

Malta é um dos mais reacionários parlamentares do Congresso Nacional, lidera campanhas homofóbicas e era considerado por Bolsonaro como seu “vice dos sonhos” -ele acabou declinando do convite por considerar que sua reeleição ao Senado era certa.

Continua depois da publicidade

Acusado de inúmeros casos de corrupção, Malta acusou falsamente um pai de estuprar a filha de apenas dois anos de idade em 2010, quando presidia a CPI da Pedofilia no Congresso Nacional (aqui). O cobrador de ônibus Luiz Alves de Lima passou nove meses preso e agora foi inocentado. Perdeu um olho, foi torturado pela polícia e está desempregado. A perícia concluiu que sua filha é virgem.

Depois que Jair Bolsonaro (PSL) foi esfaqueado, Magno Malta publicou no Twitter uma montagem fotográfica falsa em que mostra num ato do ex-presidente Lula o esfaqueador de Jair Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira, que já foi preso. O Diretório Nacional do PT entrou com ação penal contra ele no Supremo Tribunal Federal (STF) pro calúnia e difamação.

DEIXE UMA RESPOSTA

O Canaã Notícias agradece se você deixar o seu comentário.
Ops! Faltou o seu nome!