Fonte,G1/MT
Estado continua sem previsão de retorno às aulas — Foto: Reprodução

O retorno das aulas presenciais na rede pública continua indefinido devido ao risco de contaminação pelo novo coronavírus. Até agora, foi autorizado somente o retorno das aulas em escolas particulares para crianças de 2 meses a 4 anos, em Cuiabá. Nas demais, as aulas estão suspensas desde março por causa da pandemia da Covid-19.

Na rede estadual, segundo a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), não há previsão de retorno para este ano. Na semana passada, a secretaria lançou uma pesquisa na internet para saber a opinião dos pais dos alunos sobre o retorno das aulas presenciais.

Leia também: Ossada humana é encontrada perto de rodovia no município de Carlinda

O resultado da pesquisa deve orientar a Seduc sobre a retomada das atividades. São 367 mil alunos matriculados em escolas do estado.

Em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro editou, na quinta-feira (1º) o decreto nº 8.132, e prorrogou o prazo de suspensão das atividades presenciais nas unidades educacionais.

Continua depois da publicidade

O novo documento não muda as orientações do decreto anterior, que permitiu o retorno gradual e seguro das atividades presenciais nas unidades de ensino privadas de Cuiabá, para alunos do berçário I e II e maternal I.

Cuiabá possui 164 unidades educacionais na rede pública municipal.

De acordo com a prefeitura, são mais de 52 mil alunos, além de 55 mil alunos na rede privada, o que totaliza aproximadamente 107 mil estudantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui