Fonte,G1/MT
Primeiro caso de ferrugem asiática é registrado em lavoura de soja em Sorriso. Foto/Reprodução

O primeiro caso de ferrugem asiática em lavoura de soja na safra 2018/2019 foi registrado em Sorriso-MT.

A identificação da praga foi feita pelo engenheiro agrônomo Wanderlei Dias Guerra, que repassou a ocorrência para registro no Consórcio Antiferrugem.

Leia também: Presidente da Aprosoja diz que setor está abandonado e critica revisão da lei que isenta agronegócio de imposto em MT

De acordo com a última atualização do consórcio, além de Sorriso, outros 15 municípios também possuem registros de ferrugem asiática nas lavouras de soja.

A orientação é de que o produtor intensifique o monitoramento das lavouras e defina os melhores momentos para a aplicação da fungicida.

Continua depois da publicidade

Entre os meses de dezembro de 2017 e janeiro deste ano, foram registrados 19 casos de ferrugem asiática em plantações de soja voluntária em seis municípios do estado.

O que é a ferrugem asiática?

De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a ferrugem é considerada uma das doenças mais severas que incidem na cultura e pode ocorrer em qualquer estádio fenológico da cultura.

Plantas infectadas apresentam desfolha precoce, comprometendo a formação e o enchimento de vagens, reduzindo o peso final dos grãos.

DEIXE UMA RESPOSTA

O Canaã Notícias agradece se você deixar o seu comentário.
Ops! Faltou o seu nome!