Fonte,G1/MT
Ketrin Antunes de Lima, de 16 anos, está desaparecida em Guiratinga — Foto: TV Centro América/Reprodução

A Polícia Civil de Guiratinga prendeu o principal suspeito de matar uma adolescente de 16 anos na cidade. O rapaz de 24 anos foi preso após ter a prisão temporária decretada pela Justiça. A prisão foi divulgada neste sábado (19).

A menor Ketrin Antunes de Lima desapareceu no dia 30 de agosto. Desde então, os policiais civis da Delegacia de Guiratinga iniciaram diligências ininterruptas para esclarecer o crime.

No dia 3 de setembro, o corpo da vítima foi localizado em um prédio abandonado no bairro Tancredo Neves, já em estado avançado de decomposição.

Leia também: Vereador e filho são baleados em Nova Canaã do Norte

Durante investigação, a equipe realizou várias oitivas e diligências e todas as evidências indicam como principal suspeito o rapaz com quem a menor estava se relacionando.

O jovem foi interrogado na Delegacia de Guiratinga e, durante depoimento, entrou em contradição por diversas vezes, sendo também percebido que ele tentava atrapalhar as investigações.

Diante dos indícios de autoria, a Polícia Civil representou pelo pedido de prisão temporária do suspeito. Os policiais civis fizeram a prisão do rapaz na tarde de sexta-feira (18), em uma fazenda na zona rural de Guiratinga.

Conduzido para a delegacia, o suspeito foi novamente ouvido e negou as acusações. Em conformidade ao mandado, o preso foi encaminhado para uma unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

De acordo com a polícia, a mãe de Ketrin registrou queixa sobre o desaparecimento no dia 31 de agosto depois que não teve mais contato com a filha desde um dia antes.

Segundo as informações, a mãe mora nos fundos do seu local de trabalho, mas possui uma residência em outro bairro da cidade, onde a filha mora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui