Buscar Notícias 
25/05/2017 às 08:12 - Atualizada em 25/05/2017 às 08:12

Médico que chorou em entrevista deixa direção de hospital que vive caos
Funcionários e médicos de hospital em Sorriso (MT) estão sem salário desde março e atendimento foi afetado. Governo faz diagnóstico da situação.
Da redação,Canaã Notícias
Share Button

Com fontes do G1/MT

Roberto Satoshi pediu demissão junto com a diretora regional do Hospital de Sorriso (Foto: Reprodução/TVCA)

O diretor técnico do Hospital Regional de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, Roberto Satoshi, que chorou durante entrevista sobre a precariedade na unidade de saúde por atrasos nos repasses por parte do governo do estado, deixou o cargo nesta quarta-feira (24). Segundo o médico, ele deixou o cargo após a exoneração da diretora regional, Lígia Souza Leite.

Sem pagamento de funcionários e médicos, o hospital está com serviços suspensos e, alguns setores, como alimentação e lavanderia, também foram afetados. Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) disse que enviou uma equipe técnica ao hospital para fazer um diagnóstico da situação.

O grupo deve fazer um levantamento de casa setor da unidade de saúde, desde o atendimento, enfermaria, lavanderia, alimentação, na área clínica e cirúrgica, além de conferir notas fiscais e contratos com os prestadores de serviços ao hospital.

A secretaria disse que a representante da pasta se surpreendeu com o pedido de demissão feito pela diretora regional durante uma audiência pública na Câmara de Vereadores nessa terça-feira (23). No entanto, uma nova servidora já havia sido nomeada e teve o nome publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), assinado na segunda-feira (22), que circulou nesta quarta-feira.

Publicidade

Share Button




Deixe seu comentário







LINK DA NOTÍCIA - ESPALHE POR AÍ









Agronegócio


Fortuna Nutrição Animal promove o 1º Grande Encontro da Fortuna em Nova Canaã do Norte

Economia


Horário de verão 2017 começa neste domingo; moradores de MT e mais 10 estados devem adiantar relógio em 1 hora

Mato Grosso


Mobilização contra a PEC é intensificada por ameaça de atraso salarial de servidores públicos de MT

Links Últeis

brasil_search policia-federal policia-militar policia-civil corpo-de-bombeiro portal-brasil google

Publicidade



Anuncie Conosco

Anuncie Aqui! anuncie-aqui-160x100